logos-05.jpg

Hype vem de hipérbole, ou seja, figura de linguagem que trata do exagero, aquilo que está  "dando o que falar". Hype é tendência, é aquela coisa de estar na "moda". Mas o hype é também superficial, dita o que entra e sai de moda rapidinho. O estopim dessa série é questionar o hype do hoppy, afinal, o que realmente importa? Os inúmeros aromas, sabores, blends, harmonizações do Humulus lupulus, essa planta que é a alma da cerveja, ou simplesmente porque hoppy virou hype?